spacer.png, 0 kB
Segue-nos no Facebook
Linha Cancro

Calendário

Outubro 2017 Novembro 2017
Do Se Te Qu Qu Se Sa
Semana 40 1 2 3 4 5 6 7
Semana 41 8 9 10 11 12 13 14
Semana 42 15 16 17 18 19 20 21
Semana 43 22 23 24 25 26 27 28
Semana 44 29 30 31
Entrada seta Press Room seta Recortes de Imprensa seta Recortes de Imprensa seta União pioneira na criação de três tipos de apoio
União pioneira na criação de três tipos de apoio criar PDF versão para impressão enviar por e-mail
A União Humanitária dos Doentes com Cancro (União) está a promover uma campanha de admissão de médicos voluntários com o objectivo de optimizar a sua valência gratuita de Apoio Médico.
A presente campanha visa a admissão de médicos de medicina geral e familiar e de oncologia que possam dispor de pelo menos uma hora semanal para prestar consultas na União, com o objectivo de viabilizar que a valência de Apoio Médico mantenha um horário de atendimento permanente e diário, beneficiando assim centenas ou milhares de doentes com cancro e seus familiares.

A União, face aos seus escassos meios, pois todos os apoios que presta são inteiramente gratuitos, pelo que a associação sobrevive exclusivamente de donativos e de apoios quer materiais quer humanos, apela à solidariedade de todos os médicos das referidas especialidades para que se inscrevam como médicos voluntários.

A valência de Apoio Médico consiste na prestação de consultas de aconselhamento e informação, no Núcleo de Apoio ao Doente Oncológico, sito na Av. de Ceuta Norte, Lote 11 - Loja 2, em Lisboa.

Esta campanha de admissão de médicos voluntários tem ainda como objectivo complementar, dar resposta aos muitos pedidos de entrevistas de âmbito médico que a União recebe frequentemente por parte de toda a Comunicação Social.

A União Humanitária dos Doentes com Cancro, adiante designada por União, é uma Associação Humanitária, de Solidariedade Social e de Beneficência sem fins lucrativos que tem como objectivo apoiar os doentes com cancro e seus familiares e sensibilizar a população sobre esta doença.

A União disponibiliza todas as valências de apoio de âmbito oncológico, correspondendo assim aos anseios e expectativas dos doentes com cancro e seus familiares, sendo que todos os apoios que a União presta são inteiramente gratuitos e abertos a toda a população.

A União destaca-se também por ter sido pioneira no nosso país na criação de três diferentes tipos de apoio a doentes com cancro: Apoio Médico, Linha Contra o Cancro e Núcleo de Apoio ao Doente Oncológico.

O Apoio Médico (a primeira prestação de consultas médicas gratuitas de aconselhamento e informação) é uma valência de apoio aberta a todos os doentes e seus familiares que foram confrontados com um diagnóstico de âmbito oncológico.

Tem como objectivo minimizar o sofrimento dos doentes, pois, como se sabe, o cancro é uma doença muito traumatizante, sendo por isso fundamental para muitos doentes o conhecimento de toda a informação clínica sobre a doença, o que pode significar a diferença entre o doente olhar o cancro de frente e querer tratar-se ou o doente baixar os braços e desistir de viver, daí a grande importância deste apoio.

A Linha Contra o Cancro (a primeira linha telefónica de apoio a doentes com cancro) é uma linha de informação, aconselhamento e apoio médico e psicológico, através da qual a União presta um apoio muito concreto a centenas de doentes, inclusive acamados, de Norte a Sul do país.

A União recebe em média dezasseis telefonemas por dia o que totaliza um apoio a cerca de 352 doentes por mês.

A Linha Contra o Cancro encontra-se presente, nomeadamente, nas listas telefónicas da Portugal Telecom, em Serviços de Aconselhamento e Apoio e nas Páginas Amarelas na Internet, em www.pai.pt - Telefones Úteis - Aconselhamento e Apoio.

O Núcleo de Apoio ao Doente Oncológico (o primeiro espaço aberto a toda a população com os mais urgentes apoios de âmbito oncológico) é um núcleo de saúde que funciona em instalações cedidas pela Câmara Municipal de Lisboa, desde 7 de Abril de 2002 (Dia Mundial da Saúde), com as seguintes valências: apoio médico, apoio multidisciplinar a crianças com cancro, apoio psicológico, assistência social, biblioteca, serviço de voluntariado, terapia familiar e terapia de grupo.

Ao concentrar num só espaço os mais urgentes apoios de âmbito oncológico, num local com porta aberta, onde toda a população pode ser atendida de imediato, de uma forma simples, anónima, gratuita e sem burocracias, o Núcleo de Apoio ao Doente Oncológico foi já considerado pela comunicação social como sendo ‘pioneiro no nosso país, é um marco histórico na luta contra o cancro e no apoio ao doente oncológico’.

A União criou também o Livro Verde Contra o Cancro, através do qual, simbolicamente, toda a população pode expressar publicamente a sua solidariedade a todos os doentes com cancro e exortar a comunidade científica a prosseguir a investigação contra o cancro.

A par de outras actividades, no campo da saúde pública em termos de profilaxia primária, a União promove diversas campanhas de informação e de prevenção ao longo do ano e campanhas anti-tabagismo nas escolas; criou a Linha Cancro da Mama; presta Apoio Hospitalar, e divulga o Código Europeu Contra o Cancro da Comissão Europeia.

A União dispõe ainda de uma página na Internet, em http://www.doentescomcancro.org/, brevemente, uma página completa com toda a informação sobre a União, os apoios a doentes, a prevenção e o cancro, a legislação e as últimas notícias de âmbito oncológico.

Pela sua obra, a União granjeou já o reconhecimento das mais importantes instituições e figuras públicas nacionais. Presentemente, a União é apadrinhada pelo consagrado actor Ruy de Carvalho.

No dia 30 de Março de 2006, a União foi recebida em audiência no Ministério da Saúde, tendo como objectivo o Ministro da Saúde António Correia de Campos informar a União acerca da nova lei de prevenção do tabagismo que o Governo está a ultimar.

No dia 4 de Abril de 2006, o Ministério da Saúde solicitou formalmente à União o seu parecer sobre o Anteprojecto de Decreto-Lei sobre a prevenção do tabagismo, o que a União entregou no dia 18 de Abril.

No dia 7 de Junho de 2006, o Ministério da Saúde solicitou formalmente à União o seu parecer sobre o Anteprojecto de Diploma sobre a prevenção do tabagismo, o que a União entregou no dia 1 de Julho.

A União Humanitária dos Doentes com Cancro simboliza a união de todos os doentes com cancro contra o cancro.

Tem como lema Quanto mais olharmos o cancro de frente, mais ele se afasta de nós, uma frase que sintetiza a extrema importância do diagnóstico precoce como forma de diminuir os índices de mortalidade do cancro e a importância dos doentes não se deixarem vencer pela doença. A esperança é por isso a cor do verde que a União adoptou.

A União conta desde sempre com o indispensável apoio da população, quer em termos materiais quer humanos. O cancro, pela sua dimensão - a segunda causa de morte no nosso país e a primeira no grupo etário entre os 35 e os 64 anos - é uma doença e uma problemática que a todos diz respeito e que só poderá ser vencido com a mobilização de toda a sociedade.

Portal Sapo, www.sapo.pt , Saúde e Medicina - 6 de Setembro de 2006
 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >
spacer.png, 0 kB
 
© 2017 doentescomcancro.org
Webdesign e Webmarketing por datawide.pt
Website desenvolvido através da Associação bem-haja.net